spx-clinica-spx-imagem-causa-do-envelhecimento-precoce

Pesquisa Revela Verdadeira Causa do Envelhecimento Precoce

Relacionada com questão genética, saiba mais sobre o estudo que avalia a verdadeira causa do envelhecimento precoce

 

Cientistas investigaram a causa da doença dos pequenos vasos, uma condição rara que afeta órgãos como cérebro, olhos e rins, levando a um envelhecimento celular acelerado e aumentando o risco de morte prematura. Nesse sentido, encontraram a origem dessa condição e estão explorando possíveis tratamentos promissores para combatê-la.

Entendendo a causa do envelhecimento prematuro das células, bem como aquelas dos vasos sanguíneos, Jonathan Miner, professor da Universidade da Pensilvânia e correspondente do estudo, destaca que o dano acelerado ao DNA desempenha um papel crucial nesse processo.

Causa do Envelhecimento Precoce se Relaciona ao DNA?

spx-clinica-spx-imagem-qual-a-causa-do-envelhecimento-precoce

De acordo com Miner, diversos fatores contribuem para o envelhecimento celular, incluindo danos ao DNA. O nosso corpo normalmente consegue reparar esses danos causados por doenças e mutações, como no caso do câncer. Porém, se esse processo se prolongar, pode resultar em danos permanentes às nossas estruturas celulares, acelerando o envelhecimento.

No novo estudo, então, descobriu-se que em pessoas com RCVL, as cadeias de DNA quebradas são afetadas pela mutação do gene TREX1, interferindo no processo de reparação celular. Isso eventualmente leva as células a interromperem sua divisão e envelhecerem prematuramente, impactando negativamente outros órgãos.

Essas mudanças celulares aumentam igualmente o risco de outras doenças, como câncer de mama, por exemplo. Em suma, os genes que normalmente ajudam na reparação do DNA, como BRCA1 e BRCA2, são comprometidos pela mutação.

Doença dos Pequenos Vasos (SVD): Impactos e Consequências

A doença dos pequenos vasos (SVD, na sigla em inglês), desde já, é caracterizada por danos às pequenas artérias e capilares, resultando na diminuição do fluxo sanguíneo em áreas críticas como os olhos, cérebro e rins. Segundo o New Atlas, as consequências incluem envelhecimento celular, hipertensão e anomalias genéticas.

Uma forma específica de SVD, conhecida como vasculopatia retiniana com leucoencefalopatia cerebral, também está associada ao envelhecimento precoce. Essa condição rara afeta múltiplos órgãos, incluindo fígado, rins, olhos e cérebro, e é geralmente diagnosticada entre os 35 e 55 anos, frequentemente resultando em falência de órgãos e morte prematura.

Métodos de Tratamento

Analogamente, a pesquisa também revelou possíveis abordagens para o tratamento da RVCL. Reduzir os níveis de proteína TREX1 produzidos pelo gene, corrigir a mutação ou bloquear os efeitos da mutação no DNA são algumas das estratégias consideradas.

Atualmente, não existe um tratamento específico disponível. Contudo, pesquisadores estão otimistas de que a compreensão do papel do gene TREX1 possa proporcionar insights sobre como tratar o envelhecimento celular associado a essas e outras condições. Além disso, esperam que as descobertas contribuam para uma melhor compreensão do envelhecimento celular em geral.

Referência: Portal Olhar Digital.

Participe do Canal do WhatsApp da SPX!

Gostou? Clique aqui e acompanhe outros conteúdos da SPX Clínica. Dicas de saúde, novidades e muito mais. Fique por dentro do mundo da saúde!

Últimas Notícias

1