Santana de Parnaíba
11 | 2450-6000

Taubaté
12 | 3608-2770

Joinvile
47 | 3033-2200

Santana de Parnaíba
11 | 97547-2518

Taubaté
12 | 99794-8410

Joinville
47 | 9234-6918

Como se prevenir da Herpes Labial?

A Herpes Labial é uma infecção que tem relação com o vírus herpes simplex. A condição provoca o aparecimento de bolhas ou feridas na boca, nos lábios ou logo abaixo do lábio. Com duração em média de 10 dias, causam formigamento, dor e coceira na região onde surgem.

A herpes é altamente contagiosa, pois sua transmissão é através do contato direto. Por exemplo, durante o beijo, objetos compartilhados como copos, talheres ou toalhas, por exemplo.

Muitas vezes, o próprio sistema imunológico cuida da infecção, porém alguns remédios são indicados para um tratamento mais rápido e seguro contra o vírus. 

Os principais sintomas da Herpes Labial

Podemos apontar que os principais sintomas da Herpes Labial são: 

  • Feridas Pequenas nos Lábios;
  • Bolhas Sensíveis;
  • Dor quando a boca é movimentada;
  • Coceira e Vermelhidão na área do Lábio. 

Muitas vezes, é possível reconhecer um episódio de herpes até 48 horas antes do aparecimento das bolhas. Sintomas como formigamento, coceira, vermelhidão e desconforto nos lábios.

É possível identificar a presença de herpes no organismo antes da manifestação por meio de exames sorológicos, onde indiretamente é possível apontar anticorpos que combatem o vírus e depois identificar o DNA em circulação. 

Qual a causa da Herpes Labial?

A herpes é um tipo de vírus que pode ficar anos habitando seu corpo, se mantendo adormecido a maior parte do tempo. Porém, existem alguns fatores que provocam o aparecimento de sintomas e que, normalmente, estão relacionados com o enfraquecimento do sistema imune. 

Os principais fatores que desenvolvem a herpes labial são: 

  • Pequenas infecções, como gripe e resfriado; 
  • Períodos de grande estresse; 
  • Doenças imunes como HIV ou Lúpus; 
  • Tratamento que envolvem antibióticos; 
  • Exposição excessiva ao Sol. 

Também existem pessoas que podem entrar em contato com o vírus, ficar infectados e nunca manifestar sintomas. 

Como é feito o tratamento?

Não é preciso qualquer tipo de tratamento para a herpes labial, pois nosso sistema imune consegue combater a doença e resolver o problema em cerca de 10 dias. Porém, dependendo da gravidade, remédios antivirais podem ser indicados em forma de pomada e aplicados sobre a região afetada. 

Entretanto, há casos mais graves de herpes labial em que ela pode se espalhar pelo corpo e demora muito para desaparecer, assim, o médico tem a possibilidade de indicar o uso de antivirais orais. Porém, os casos são mais frequentes em pessoas que possuem um sistema imune mais fraco, que estão tratando câncer ou doenças autoimunes. 

O que fazer para se prevenir da doença?

É recomendado para evitar pegar herpes na boca: 

  • Evite beijar desconhecidos e/ou pessoas com feridas na boca; 
  • Previna o compartilhamento de objetos pessoais com outras pessoas, principalmente talheres, copos ou toalhas de rosto; 
  • Não passe batom emprestado; 
  • Não coma ou prove comidas de outras pessoas como picolé, pirulito ou sorvete; 
  • Evite o uso de sabonetes em espaços públicos.

Essas recomendações são as principais, mas a principal prevenção é não ter o contato com objetos compartilháveis. 

Quer descobrir se tem herpes no seu organismo? Agende seu exame sorológico na SPX pelo link: https://linktr.ee/spxclinica

O texto te ajudou? Siga SPX nas redes sociais e fique sempre atualizado:

Instagram: @spxclinica

Facebook: SPX Clínica

Linkedin: SPX Diagnósticos por Imagem

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

Enable Notifications    OK No thanks