PortuguêsEnglishEspañolFrançais
PortuguêsEnglishEspañolFrançais
Hepatites Virais titulos

Hepatites Virais: o que são?

Em primeiro lugar, é necessário explicar o que é a hepatite, nome para a inflamação do fígado. Ela é causada por vírus (hepatites virais), remédios, álcool e outras drogas, como também em doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. 

Segundo a OMS, as hepatites virais são um grave desafio para a saúde pública no Brasil e no Mundo, pois é uma doença é considerada silenciosa porém apresenta sintomas como cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados. 

Funções do Fígado

Desde já, entender porque o fígado é importante se faz necessário para conseguirmos entender a dimensão do problema que a hepatite causa em nosso organismo. Em suas funções podemos citar: 

  • Produção da Bile para ajudar na digestão de gorduras;
  • Formação de proteínas como a albumina, que são os transportes de algumas substâncias como hormônios; 
  • Auxiliar na na coagulação do sangue; 
  • Elimina substâncias de remédios que ingerimos, além de filtrar o sangue. O fígado elimina toxinas e elementos que são danosos ao organismo. 

As hepatites atacam justamente o processo de filtragem dos órgãos. Por isso, a prevenção das doenças hepáticas e o diagnóstico precoce são as maiores ferramentas para evitar que o fígado seja lesionado.

Hepatites Virais

Quais as hepatites virais?

Antes de tudo, é necessário relembrar que o impacto dessas infecções atinge cerca de 1,4 milhões de mortes no mundo, seja pelo câncer hepático, infecção aguda ou cirrose associada às hepatites. Por exemplo, a taxa de mortalidade da Hepatite C compara-se às do HIV e Tuberculose. 

Agora entenda melhor quais os tipos de hepatites virais: 

Hepatite A

Essa versão da hepatite era mais frequente quando as condições de higiene eram mais precárias, após a melhora no saneamento básico e as crianças não brincarem mais na rua como antigamente sua incidência diminuiu em crianças, por isso, houve uma tendência dessa doença em adultos. 

Esse tipo tem quase 100% de cura, porém tem seu tempo de incubação variando entre 14 a 28 dias até a manifestação de sintomas como febre, dores abdominais, diarreia, dores pelo corpo, vômitos, falta de apetite, icterícia e em crianças abaixo de 5 anos podem ser assintomáticas.

A Hepatite Viral A pode ser prevenida como boas condições de saúde e higiene, saneamento básico e vacina disponível para crianças de 15 meses a 4 anos. 

Hepatite B

Essa versão está entre os pacientes que desenvolvem a hepatite crônica, ocorrendo a cirrose ( o fígado fica endurecido, com função reduzida). Nesse sentido, a via de transmissão da hepatite B é pelo sangue, sendo por compartilhamento de seringas, relação sexual, portanto é considerado uma DST e também na gestação. 

Para evitar o encaminhamento dessa doença para o câncer ou cirrose, médicos indicam o ultrassom fígado e elastografia (exame para avaliar a dureza do órgão) para assim ocorrer o diagnóstico. Para Hepatite B, existem vacinas disponíveis. 

Hepatites

Hepatite C

Esse tipo de Hepatite Viral é a maior causa de doença crônica do fígado e não existe vacina para essa versão. Assim, sua transmissão ocorre pelo sangue, por meio de transfusões, compartilhamento de agulhas no uso de drogas ou objetos cortantes como alicate de unha e também pela transmissão durante a gestação. 

Os sintomas mais comuns são parecidos com as outras hepatites como dor abdominal, vômito e icterícia. Na Hepatite C crônica, o médico avaliará o grau de manifestação no fígado, dessa forma, exames de sangue, ultrassom e a elastografia para a avaliação da dureza do fígado.

Hepatite D

A manifestação da hepatite D ocorre quando há hepatite B para replicar. Dessa forma, a maneira mais comum de infecção é feita durante o parto ou através de contato com sangue e secreções. 

Pacientes com Hepatite B crônica são pessoas de risco para a Hepatite D, logo, os sintomas são muito severos nessa versão. 

Hepatite E

Sua transmissão é fecal oral e tem quadro clínico semelhante às outras hepatites virais, entretanto, ao ser adquirido na gravidez pode ocorrer uma forma de hepatite mais grave, insuficiência hepática fulminante. 

Ela não torna-se crônica e não tem um tratamento específico, por isso, sua prevenção é feita por cuidados higiênicos e boas condições sanitárias. 

A SPX pode ajudar? 

Sim, na SPX Clínica Joinville você pode efetuar seu exame de Elastografia Hepática e se prevenir das Hepatites Virais. 

Fale conosco diretamente pelo número 3033-2200 ou pelo nosso Whatsapp: https://bit.ly/4792346918

Deixe um comentário